05 outubro 2008

Lutas


Mário Nogueira tem razão no que diz, mas os professores, ao aceitarem o que lhes tem sido imposto gradualmente, tanto do ponto de vista da sua carreira e condições de trabalho como do ponto de vista pedagógico, com a submissão e a passividade que até hoje demonstraram, não poderiam esperar - e, portanto, merecer - outra coisa. A tirania existe apenas quando existem tiranizáveis - e, afinal, até estamos em "democracia", não é?
Quanto aos professores que verdadeiramente têm lutado contra o abastardamento e o abandalhamento gerais do ensino no país, para esses a sua maior luta diária é, presentemente e antes do mais, a de conseguirem não perder o respeito por si próprios.

2 comentários:

confraria_da_alfarroba sociedade de irresponsabilidade e limitada disse...

porra!... é isso mesmo.
não nos respeitamos.
e quando tal acontece.... só manifestaçõezecas ordeiras que acabam ainda mais ordeiras e em que os senhores participantes voltam a casa com a noção de um "dever" cumprido...
não.
não partiram um vidro do ministério. limitaram-se a papaguear palavras "de ordem" sem sentido.
por isso não vou mais a manifestações e tão pouco aceitarei qualquer avaliação!...
eu existo!

Joaquim Simões disse...

Ora só cá faltava um algarvio de má-raça!
Abraço.