01 junho 2011

Se não forem eles a defender o Estado Social...


4 comentários:

Anónimo disse...

Há coisas que me põem fora de mim, já em certos sectores começaram a atirar que o Pinócrates deve ser julgado por deixar o país na merda, outros dão a entender que por aquilo do Friporte, outros que o ele ter uma equipa da secreta a trabalhar para o grupelho dele fazendo fichas dos que lhe chamam nomes, etc, eu não posso com isto. É só vinganças e afinal o que é que o homem fez? Afinal nem sequer governou, fingiu só e limitou-se a deixar os amigalhaços da maçonaria tomarem a Loja toda e mesmo os amendoins e as latas de atum e eu não posso com isto, um ministro secretário de estado tão prendado, ai a porreta.

Luís de Almada

Anónimo disse...

É necessário submeter esta gente a inquérito sério. Temos dúvidas sobre a legalidade da actuação da máquina de propaganda que escora o demissionário.Tem de se ver, mas ver mediante inquérito que analise exaustivamente, se essas manobras não atentam e gravemente contra o Estado de Direito.A actuação dessa gente é no género da preceituada e feita por Goebbels. E ele visava subverter a Democracia e a legalidade constitucional.
Leandro Foggazaro

Joaquim Simões disse...

Luís de Almada:
Penso que, ao contrário, fosse quem fosse, se aproveitou da sede de poder de Sócrates. Porque lá que ele GOSTA DE MANDAR, gosta. Se, além disso, se aproveitou desse poder para fins pessoais em conivência com outros interesses fora da área do estritamente político, isso é que conviria investigar.

Joaquim Simões disse...

Leandro Foggazaro:
De acordo, mas isso, mais do que uma mera investigação, constitui uma discussão a ter urgentemente no âmbito do conceito de democracia.