20 julho 2007

Com estes que a terra um dia há-de comer...


... todos vimos e ouvimos hoje o primeiro-ministro gritar, perdão!, dizer no Parlamento, em resposta a Marques Mendes, que, ao contrário deste, sempre teve "a grandeza" (sic) de jamais alcunhar os seus adversários no partido como guerrilheiros políticos.
O eng. José Sócrates expressou-se, de facto, à sua altura e à sua medida.

2 comentários:

contarelos disse...

ENGENHEIRO? Qual? O Engenheiro Pinóquio?
rsrsrs

Joaquim Simões disse...

Pinóquio, como Jesus, era de origem humilde, filho de um carpinteiro e não consta que tivesse frequentado qualquer universidade, nem que frequentasse bibliotecas.