11 março 2011

São de Lenine...


... duas frases que, em 1975, em pleno PREC, gritavam pelas paredes de todo o país: "Só a verdade é revolucionária" e "A verdade é o que convém à classe [operária]". Nelas se resume o procedimento dos bolcheviques, nelas se resumiu o procedimento dos partidos comunistas em todo o mundo. E como a cartilha desses partidos afirma igualmente que os verdadeiros representantes dos interesses da classe operária, aqueles que, por terem sido iluminados pela "consciência de classe" sabem quais eles são, são os dirigentes d'O Partido, a verdade será, naturalmente, a verdade que eles determinam como sendo a verdade conveniente quanto a si próprios e à sua "missão". Eis porque, infiltrando-se (desde Marx) nas associações populares ou profissionais, as transformam em porta-voz e instrumentos dos seus objectivos, expulsando ou neutralizando, discretamente ou à força, os seus fundadores e representantes originais, procurando, depois, através delas, controlar e encabeçar qualquer movimento espontâneo que se situe nas correspondentes áreas. Em nome e a bem da sua Revolução.
Lembrei-me disto quando ontem à noite, no programa Corredor do Poder, na RTP1, o deputado João Oliveira, do Partido Comunista Português, dizia a Nuno Melo, do CDS, que os organizadores da "marcha cívica, apartidária, da Geração Deolinda, Rasca, À Rasca ou, agora, P" haviam convidado o PCP para nela participar. E fiquei a pensar que é muito triste ser alguém como João Oliveira, tão primário na mentira, tão básico na inteligência, tão sem honra na esperteza.

2 comentários:

Nausícaa, São Paulo, Brasil disse...

Caro Joaquim Simões,

A cartilha dessa gente é utópica, atemporal, - meu Deus, e lá se vão dois séculos já! - daí que se repete em qualquer tempo e lugar.

Reli, ontem, o depoimento deste filósofo brasileiro - Olavo de Carvalho - numa palestra para o Clube Militar, "Reparando uma injustiça pessoal", do qual destaco um trecho para os fins deste vosso post:

"Eu percebi que eu era um palhaço arrogante e eles nada perceberam de si mesmos até hoje."

Eu acrescento que, desde 1999 até hoje - 11 de março de 2011, a Coisa continua exatamente a mesma.

em http://www.olavodecarvalho.org/textos/reparando.htm

Abs.

Joaquim Simões disse...

Nausícaa:

Obrigado pelo link.